Em 10 anos, prótese de silicone mais vendida quase dobra de tamanho

25/10/2011

Volumes em torno de 300 ml são os mais procurados, dizem empresas. Silimed, maior fabricante do país, prevê alta de 20% nas vendas no ano.

Os números do mercado de implantes de silicone confirmam uma tendência visível no busto das brasileiras: a procura nunca foi tão grande e os modelos mais vendidos nunca foram tão volumosos. Segundo as duas fabricantes nacionais, Silimed e Lifesil, as próteses de mama com volume em torno de 300 ml passaram a ser as mais vendidas. Até o início dos anos 2000, os modelos mais vendidos não chegavam a 200 ml.

Margaret Figueiredo, da Silimed, mostra implantes mais vendidos pela empresa (Foto: Alexandre Durão/G1) (Foto: Alexandre Durão/G1)Margaret Figueiredo, da Silimed, mostra implantes mais vendidos pela empresa (Foto: Alexandre Durão/G1)

Segundo Margaret Figueiredo, sócia-diretora da Silimed, empresa brasileira líder do mercado, o tamanho médio dos implantes mais vendidos vem crescendo continuamente: “Até os anos 90, as próteses entre 120 ml e 140 ml eram as mais procuradas. Na última década, a média ficou em torno de 200 ml e 250 ml. Agora, a de 305ml é a que mais sai”, afirma Margaret Figueiredo, sócia-diretora da Silimed, empresa brasileira líder do mercado.

Na concorrente Lifesil, que atua no mercado há apenas três anos, 80% das próteses para seios vendidos possuem entre 275 ml e 400 ml. “Fabricamos modelos a partir de 125 ml. Somos a única fábrica do Brasil com implante de 1.000 ml para pronta entrega”, diz o dono da empresa Jorge Wanfurgur, que também é cirurgião plástico. “É raro vender esse produto, assim como também é raro alguém colocar 125 ml”, explica.

IMPLANTES DE MAMA MAIS PROCURADOS NOS ÚLTIMOS ANOS
ANO 2001 2002 2004 2005 2006 2009 2010 2011
VOLUME 175ml 195ml 215ml 235ml 255ml 285ml 285ml 305ml
Fonte: Silimed

O presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), Sebastião Guerra, confirma que as clientes têm procurado colocar implantes cada vez maiores. “Hoje é rotina colocar volumes superiores a 200 ml, e existe uma tendência nítida: aquelas mulheres que há cinco anos colocaram próteses de 140 ml, agora estão voltando para colocar uma maior, por volta de 300 ml”, afirma Guerra.

Lifesil (Foto: Divulgação)Jorge Wanfurgur, da Lifesil, que fabrica implante de até 1litro (à esquerda)

Uma cirurgia a cada 5 minutos
Para a Sociedade, a popularização da técnica e a maior aceitação social têm levado a mulher a encomendar modelos mais próximos do tamanho que sempre desejaram. “O silicone começou sendo usado de maneira muito reservada, acanhada. A mulher tinha vergonha de falar que tinha colocado implante. A liberdade foi acontecendo aos poucos, até as celebridades passaram a dizer que usam. Eu digo que, hoje, há dois tipos de mulher: a que está colocando [silicone] e a que ainda vai colocar”, diz Guerra.

A SBCP prevê um crescimento em torno de 10% no número de cirurgias plásticas realizadas no país em 2011. Hoje, são 5.050 cirurgiões atuando no mercado. O Brasil só fica atrás dos Estados Unidos, onde os cerca de 6 mil profissionais realizam cerca de 840 mil intervenções por ano.

A última pesquisa encomendada pela Sociedade mostra que o implante de silicone nas mamas é a cirurgia campeã na preferência das brasileiras, com 21% das intervenções estéticas realizadas no país.

O número de cirurgias plásticas realizadas no país subiu de 629 mil, em 2009, para 720 mil, em 2010, segundo os dados da SBCP. Desse total, estima-se que 73% sejam cirurgias estéticas e 27% reparadoras. Ou seja, por ano são realizadas no país cerca de 110 mil cirurgias de aumento de mama, o que corresponde a uma média de uma cirurgia a cada 5 minutos.

“Até o início dos anos 80, eram nove cirurgias de redução para uma de aumento. Hoje, estimamos que são 6 aumentos para 4 reduções”, destaca a sócia da Silimed, que atua no mercado desde 1978. Ela observa ainda que próteses começam a ser usadas até mesmo em intervenções de diminuição do tamanho dos seios.

Produção nacional bate recorde
A Silimed afirma ter vendido 195 mil próteses de silicone nos seis primeiros seis meses – uma alta de 15% em relação ao mesmo período do ano passado e o melhor desempenho da história da empresa. Em 2010, foram comercializados 340 mil implantes. Desse total, 64% foram próteses de mama. O restante da produção inclui implantes de glúteo, panturrilha, peitoral masculino, peniana, testiculares, entre outras.

CIRURGIAS PLÁSTICAS ESTÉTICAS MAIS COMUNS
Aumento de mama 21%
Lipoaspiração 20%
Abdômen 15%
Redução de mama 12%
Pálpebras 9%
Nariz 7%
Plástica de face 7%
Orelhas 5%
Gluteoplastia com prótese 1%
Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica/Datafolha

“De quatro anos para cá, nossa produção vem registrando aumento anual de cerca de 10%, mas esses primeiros meses de 2011 superaram todas as expectativas. Esperamos fechar o ano com um crescimento de 20% nas vendas”, afirma a sócia-fundadora da empresa, que hoje já distribui seus produtos para cerca de 60 países e acaba de receber permissão para atuar no mercado americano de implantes de mama.

A Silimed possui duas fábricas no Rio de Janeiro e estima deter cerca de 35% do mercado. “Já chegamos a ter perto de 70% de participação. Este é um mercado que cresceu muito. Hoje temos uns 16 concorrentes, incluindo até empresas chinesas”, diz Margareth.

A Lifesil, única concorrente brasileira, só produz, por enquanto, implantes de mama e fita de gel de silicone, mas estima já ter abocanhado cerca de 10% do mercado nacional de próteses para os seios. A empresa, com sede em Curitiba, prevê terminar o ano com uma produção de 40 mil pares de implantes de mama.

“No ano passado, produzíamos uma média de 500 pares por mês. Hoje já atingimos uma média mensal de 6 mil pares”, diz Wanfurgur.

Para o presidente da SBCP, o produto brasileiro compete hoje de igual para igual com os importados dos Estados Unidos e Europa. “As próteses melhoraram muito. O silicone já é um produto com 50 anos de mercado e o tempo mostrou que o risco é muito baixo. Hoje, o gel é coeso, pode arrebentar que não escorre”, afirma. “As próteses antigas eram placas achatadas. Hoje, há modelos em forma de pirâmide, que acomodam e ajudam a sustentar melhor a mama. A mulher deita e a mama fica cônica, em pé”, explica.

A maior concorrência também tem ajudado a baixar o preço médio dos implantes, que hoje já podem ser pagos em até 12 parcelas. Segundo a SBCP, o preço médio de um par de implantes de mama está em torno de R$ 1.400, correspondendo a cerca de um terço do valor da cirurgia.

“Eu digo que, hoje, há dois tipos de mulher: a que está colocando [silicone] e a que ainda vai colocar” – Sebastião Guerra, presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP)

Inovações em design
Apesar do tamanho médio dos implantes ter inflado nos últimos anos, o mercado avalia que o volumes mais vendidos tendem a se estabilizar no patamar de 300 ml.

Para a sócia da Silimed, hoje já está se dando mais valor à forma que ao volume. Tanto que a empresa passou a fabricar linhas mais anatômicas, com diferentes opções de projeção e que levam em conta a espessura do tecido mamário e largura das mama de cada mulher. “Implantes com base menor e variações de diâmetro, mais adaptados às medidas do tórax, podem ter um volume menor e proporcionar resultado semelhante aos das próteses de 285 ml e 305 ml”.

“Os moldes passaram a ter altura maior e diâmetro menor, para dar mais projeção, porque a mulher gosta de seios mais arredondados, com colo mais cheio”, opina o cirurgião Jorge Wanfurgur, que afirma ter criado a Lifesil para oferecer mais opções de desenho.

“Quem dita essas tendências são as atrizes, a moda e a mídia, a moda. Talvez um dia isso inverta e o tamanho preferido diminua, mas acho que nunca mais o padrão será a mama pequena. A beleza brasileira está a associada à imagem do peito e da bunda, e a mama faz parte da sexualidade da mulher”, completa o cirurgião.

Fonte: G1

Anúncios

Livro, o grande amigo das crianças

19/10/2011

Cultivar o hábito da leitura é fundamental para o desenvolvimento dos pequenos.

Introduzir a leitura na vida das crianças desde cedo não é apenas obrigação da escola, mas sim um grande presente que os pais podem dar para os seus filhos. Seja contando histórias na hora de dormir ou comprando livros infantis interativos, o hábito de ler diariamente ajuda no desenvolvimento intelectual, aproxima os pequenos de novas ideias e torna as crianças mais seguras para enfrentar o mundo.

No início da infância, dos 2 ao 5 anos, acontece o início do desenvolvimento da linguagem oral e da percepção – é o momento da pré-leitura. Neste estágio são recomentados livros de gravuras e rimas. Entre os 6 e os 8 anos, desenvolve-se a fase da leitura alfabética ou silábica. Por volta dos 8 aos 11 anos, a criança aprende as regras ortográficas e desenvolve a leitura propriamente dita, adquirindo a capacidade de ler e compreender diversos tipos de textos.

O pediatra Joel Bressa da Cunha, presidente do Comitê de Saúde Escolar da Sociedade de Pediatria do Estado do Rio de Janeiro, explica que a leitura é importante desde os primeiros meses de vida:

– Ler para os bebês a partir dos seis meses se mostrou muito vantajoso. Os bebês reagem positivamente aos importantes estímulos visuais e auditivos que recebem, além do contato que têm com a linguagem materna – conta o médico.

Ainda de acordo com Cunha, a leitura é um poderoso propulsor do desenvolvimento cognitivo e, quando é de boa qualidade e associada a momentos de lazer e interesse, estimula várias áreas do cérebro, aumenta o vocabulário, a criatividade e a curiosidade.

Em uma sociedade cheia de distrações como a nossa, os mais crescidinhos, muitas vezes, preferem deixar de lado a leitura de um bom livro e se ocupar com outras atividades como videogame, televisão e internet. Para a autora de livros infantojuvenis, Laura Bergallo, a dica é não brigar com a tecnologia, ao contrário, aliar-se a ela, que é boa se usada de forma equilibrada.

– Vivemos num admirável mundo novo que oferece infinitas possibilidades para a imaginação e a fantasia. É só saber aproveitar – afirma a autora.

Confira a programação da Secretaria Municipal de Cultura (mais informações em http://www.rio.rj.gov.br), que, desde 2009, vem realizando diversos projetos de incentivo à leitura nas bibliotecas municipais:

CIRANDA DE HISTÓRIAS – voltado para o público infantil, o projeto leva semanalmente contadores de histórias
às bibliotecas de Campo Grande, Tijuca, Irajá, Ilha do Governador, Maré e Santa Teresa.

CIRCUITO JOVEM DE LEITURA – Promove semanalmente o encontro entre escritores e jovens com o objetivo de espertar o interesse pelo livro e pela leitura. O circuito passa pelas bibliotecas da Tijuca, Irajá, Santa Teresa, Maré, Campo Grande e Ilha do Governador.

TARDES CULTURAIS – uma vez por mês, encontros com poetas são realizados na biblioteca da Tijuca.

ENCONTROS LITERÁRIOS – Toda última quarta feira do mês acontece, na biblioteca de Botafogo, um debate entre importantes escritores nacionais, cujo tema central é a literatura brasileira.

DÊ UMA LEITURA DE PRESENTE – Duas vezes por mês, uma biblioteca volante visita alguma praça acompanhada por um grupo de contadores de histórias.

TROCA-TROCA DE LIVROS – O TrocaTroca de Livros é realizado toda primeira quarta-feira do mês em todas as bibliotecas municipais.

INTERVENÇÃO POÉTICA NO METRÔ – A partir de outubro, o projeto Intervenção Poética será realizado em 4 estações do MetrôRio – Central, Carioca, Del Castilho e Pavuna. Toda sexta-feira, grupos de poetas se apresentarão em uma estação.

Também separamos para você algumas opções de bibliotecas públicas que atendem o público infantil:

FUNDAÇÃO CASA DE RUI BARBOSA
A fundação tem a Biblioteca Infanto Juvenil Maria Mazzetti, que funciona de segunda a sexta, de 9h30 a 12h das 14h às 17h. O responsável faz uma carteirinha e a criança pode levar 2 livros.
Rua São Clemente, 134 – Botafogo – Rio de Janeiro – Estação Botafogo

BIBLIOTECA POPULAR DO RIO COMPRIDO
A biblioteca tem um espaço para leitura e funciona de segunda a sexta de 9h as 17h. O responsável preenche uma ficha de inscrição e a criança fica como titular podendo ela mesma alugar os livros. A criança pode levar 2 livros e 6 gibis.
Travessa Nestor vítor, 64 – Tijuca – Rio de Janeiro – Estação Estácio

BIBLIOTECA POPULAR MUNICIPAL CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE
A biblioteca conta com um espaço infanto-juvenil, a Biblioteca Popular Municipal Infantil Max Feffer, que funciona de segunda a sexta de 9h às 17h. A criança adquire uma carteirinha e pode levar 2 livros.
Rua Sá Ferreira, 80 – Copacabana – Rio de Janeiro – Estação Ipanema/Gal.Osório

Fonte: Estação Notícia – Metrô Rio


SIPAT 2011 – 26/09 a 30/09

22/09/2011


XV Bienal do Livro Rio

01/09/2011


Com a participação de 150 autores nacionais e 23 estrangeiros, a 15ª Bienal Internacional do Livro no Rio de Janeiro teve início nesta quinta-feira (1º/9) no centro de convenções Riocentro, na Barra da Tijuca.

A proposta da Bienal é aproximar a população do universo da leitura e dos próprios autores. Nos espaços dedicados às atrações do evento, os visitantes podem participar de debates e bate-papos com personalidades culturais e de atividades recreativas que promovem a leitura. Este ano será feita uma homenagem ao Brasil, por meio de uma série de ações, como debates sobre a cultura e a realidade do país.

O público estimado para os 11 dias de programação é de 640 mil pessoas, segundo os organizadores. Haverá 950 expositores distribuídos em um espaço de 55 mil m². Durante o evento, serão lançados cerca de mil títulos, com expectativa de venda de 2,5 milhões de livros.

A Bienal é dividida em diferentes espaços de debate. O Café Literário, por exemplo, permite discussões sobre estilos e ideias e terá duas novidades este ano: o Sarau Poético, com declamação de poemas, e a Debateboca, de perguntas e respostas entre público e autores.

Já o espaço Mulher e Ponto promove bate-papos entre escritoras que retratam em suas obras temas relacionados à mulher. O Livro em Cena tem a proposta de difundir o conhecimento de clássicos da literatura. As sessões Conexão Jovem e Encontros com Autores são dedicadas ao público jovem. Além disso, haverá a Biblioteca Mirim, com obras dirigidas ao público infanto-juvenil e sessões diárias de contação de histórias.

A Bienal terá dias reservados para visitação de estudantes de escolas públicas e particulares. O objetivo é aproximar as crianças e adolescentes do mundo dos livros. Para esta edição, foram colocadas à disposição das escolas 170 mil vagas. Todos os estudantes inscritos na visitação escolar receberão a Nota da Bienal, um vale de R$ 5 que poderá ser trocado por um livro no mesmo valor.

Desde 1983 a Bienal do Livro é realizada na cidade do Rio de Janeiro e é um dos maiores eventos culturais do país. A Bienal, além de prestigiar autores consagrados, funciona também como um grande acervo bibliográfico capaz de atingir a todos os gostos literários.

Você que é um apreciador da leitura e que gosta de aprimorar sua capacidade intelectual viajando nas entrelinhas de um bom livro, não poderá perder a XV Bienal do Livro Rio – 2011, momento esse em que grandes editoras estarão concentradas em um único local expondo grandes obras.

Compras antecipadas pelo site Ingresso Mais ou pelos Pontos de Venda.
O evento ocorrerá nos dias 1 a 11 de setembro. Na abertura da Bienal o funcionamento sera das 12h as 22h. Nos demais dias, o funcionamento em dias úteis sera de 9h as 22h, final de semana e feriado de 10h as 22h. O ingresso adquirido pelo site Ingresso Mais  é válido para qualquer dia do evento.

Inteira: R$ 12,00
Meia: R$ 6,00

Mais informações acesse: www.bienaldolivro.com.br


Sorteio do CD Fundo de Quintal – Nossa verdade

29/08/2011

Para participar do sorteio do novo CD do grupo Fundo de Quintal, basta preencher os dados com nome ou curtir a promoção pelo Facebook.

O sorteio será realizado dia 31.08 – 12h.

Boa sorte!

Gravado na Cia dos Técnicos, com direção musical de Rildo, que abraçou o projeto com o carinho e respeito de sempre, “Nossa Verdade”, como o nome diz, é puro Fundo de Quintal. A faixa-título, do mestre Sereno e André Renato, abre o disco dando o tom da peleja: “Aqui nada mudou/ Mudar por que? não tem nada a ver/ A voz do povo é a voz de Deus/ Foi nesse quintal que tudo aconteceu”. O clima continua quente e a árvore-símbolo do Cacique de Ramos, a velha Tamarineira, onde reza a maior lenda da localidade está a proteção dos sambistas, é homenageada à altura. “Se você se empolgou e o dia clareou/ Lá debaixo da tamarineira/ Você curtiu, você sambou/ O corpo logo arrepiou/ É assim lá debaixo da tamarineira”. 

O Cacique de Ramos, de quadra nova, alma lavada e sempre protegido pela velha tamarineira ganha um novo hino em seu cinquentenário. Com a participação da madrinha Beth Carvalho, a agremiação mais democrática do carnaval carioca, que quebrou as barreiras dos redutos tradicionais – as escolas – para se tornar o quintal de todo sambista, independente da cor de sua bandeira, é celebrada em “Cacique a consagração”, outra do inspirado Sereno. Um disco consagrador, com a marca da alegria e da informalidade, para festejar duas datas importantíssimas para a cultura brasileira. Parabéns, muitas felicidades e uma eternidade de vida para o Fundo de Quintal e o o Cacique de Ramos.

Fonte: Biscoito Fino


Festival SESI Bonecos do Mundo traz atrações de marionetes ao Rio

23/08/2011

Pessoal, chega ao Rio o maior evento de teatro de animação do Brasil serão cinco dias de programação, de graça, com companhias brasileiras e internacionais.

Clique na imagem e veja a programação:

Maior evento de teatro de animação do Brasil, o Festival SESI Bonecos chega ao Rio de Janeiro apresentando atrações internacionais e oficinas de marionetes para o público. O evento acontece no Teatro SESI Centro e também no Aterro do Flamengo, onde contará com palcos gigantes, exposições, oficinas e espetáculos de companhias brasileiras e de outros países.

No Teatro SESI Centro, a programação começa segunda-feira, dia 22 de agosto, e vai até quarta, dia 24, sempre com espetáculos às 19h e às 21h, com apresentações de companhias da Rússia, Peru e Chile. O evento é gratuito; a classificação, livre.

No Aterro do Flamengo, o evento acontecerá dias 27 e 28 de agosto (sábado e domingo), ao lado do Monumento dos Pracinhas, às 16h30, e irá contar com exposição, ateliês de montagem dos bonecos, feira temática, apresentação de teatro de bonecos do Brasil, Espanha, Rússia, Chile e Peru, e show da banda Pato Fu.

SERVIÇO:

EVENTO: FESTIVAL SESI BONECOS DO MUNDO

LOCAL: TEATRO SESI CENTRO (AV. GRAÇA ARANHA, 1 – CENTRO)

DATA: DIAS 22, 23 E 24 DE AGOSTO (SEGUNDA, TERÇA E QUARTA)

HORÁRIO: 19H e 21H

TEL: 2563-4163

***

SERVIÇO:

EVENTO: FESTIVAL SESI BONECOS DO MUNDO

LOCAL: ATERRO DO FLAMENGO (AO LADO DO MONUMENTO DOS PRACINHAS)

DATA: DIAS 27 E 28 DE AGOSTO (SÁBADO e DOMINGO)

HORÁRIO: 16H30


Museu Encantado da Barbie no Rio Design Barra

06/07/2011

A partir de 01 de julho, o Rio Design Barra vai exibir uma mostra com centenas de bonecas Barbie e, de quebra, também celebrar os 50 anos de Ken, o eterno namorado da boneca mais famosa do mundo.

 O “Museu Encantado Barbie” trará nada menos do que 480 bonecos do colecionador Carlos Keffer, que possui um dos maiores e mais valiosos acervos da família Barbie do Brasil, contando atualmente com mais de 850 raros exemplares. Em parceria com o fotógrafo Ricardo Schetty, Keffer realiza exposições itinerantes pelo país que já foram vistas por mais de 10 milhões de pessoas, desde 2002.

A exposição mostrará algumas raridades do acervo de Keffer, como os primeiros exemplares da Barbie (1959) e Ken (1961), a primeira versão do Ken que dobrava o joelho (1964) e o primeiro Ken negro (1981). Entre as criações inspiradas em personagens de TV e cinema, estarão os exemplares do seriado “Mad Men” e o casal Bella e Edward, da saga “Crepúsculo”. Os bonecos de Elvis Presley e do Rei Arthur também estão entre as curiosidades da exposição.

O público poderá fazer um passeio pelas tendências da moda, desde a alta-costura francesa às coloridas Era Mod e Era Hippie dos anos 60, passando pela Era Disco dos anos 70, a New Wave dos anos 80, a descontração dos anos 90, até o look descolado e sem fronteiras dos anos 2000

A EVA Comunicação é responsável pela criação e pela programação visual, que conta com painéis com história e curiosidades sobre o mundo Barbie.

Museu Encantado da Barbie

Datas: De 1 a 31 de julho
Local: Rio Design Barra
Endereço: Av. das Américas, 7.777 – Praça Central 1º piso
Telefone: 2430-3024
Grátis